Fórmula Júnior: O sangue ferve

E nesse fim de semana, não tivemos só a Fórmula 1.6, a Fórmula Júnior também marcou presença no Velopark. Quatorze monopostos alinharam no grid nesse fim de semana, a Fórmula Júnior, em sua terceira etapa, já vem se mostrando uma das principais categorias de Fórmula do Brasil e uma das principais, quiça, da America do Sul, contando até com participações internacionais.

Pole, ingrata pole: Bruna Tomasseli consegui a pole nos ultimos segundos do treino, mesmo assim, não venceu a corrida, mas conseguiu pontos importantes para o campeonato. (foto: Bernardo Bercht)
Pole, ingrata pole: Bruna Tomasseli consegui a pole nos últimos segundos do treino, mesmo assim, não venceu a corrida, mas conseguiu pontos importantes para o campeonato. (foto: Bernardo Bercht)

A Fórmula Júnior chegou a o Velopark e já mostrou a que veio. Já nos treinos, a categoria já deu na cara por que é uma das melhores do país, e quiça, da America Latina. A diferença entre o primeiro e o sétimo lugares eram de 8 décimos de segundo. A pole era do pelotense Gabriel Robe, com 1.01.770s até os últimos segundos dos treinos. Ai, coube a guria voadora, Tomasseli virar um tempo mais rápido no pequeno circuito de Velopark, e a guria conseguiu, virou 1.01.585s e tomou a pole de Robe na sua ultima volta. Coube a o brasiliense, Gustavo Bandeira, a terceira posição, com 1.02.038s.

Victor Miranda começou a primeira bateria em quarto, fez uma primeira volta impressionante, aproveitou quando Tomasseli rodou na saída da reta e tomou a liderança, com isso, ganhou a primeira bateria. (foto: André Kotoman)
Victor Miranda começou a primeira bateria em quarto, fez uma primeira volta impressionante, aproveitou quando Bruna Tomasseli rodou na saída da reta e tomou a liderança, com isso, ganhou a primeira bateria. (foto: André Kotoman)

A primeira bateria, a pole, Bruna Tomasseli liderou bem durante primeira volta, mas quando foi sair da reta oposta, acelerando, o piso molhado cobrou seu preço, o carro de Bruna soltou a traseira e rodou na pista, dando a liderança no colo do paulista Victor Miranda, que saiu do quarto lugar e fez uma volta impressionante, batendo a carteira de Victor Matzenbakcer e Gabriel Robe e já aportando na segunda posição, quando houve a rodada de Bruna Tomasseli, passou para a primeira posição, se adaptando rapidamente a o piso escorregadio da Velopark. Na relargada, perdeu a posição para Robe, que assumiu a liderança, só que na hora, a barra de suspensão do carro de Robe se foi, teve que abandonar, isso foi a deixa para o paulista passar para a liderança e terminar bateria na frente, seguido de perto por Victor Matzenbacker e Matheus Rouver.

Matheus Rouver mostrou a que veio, pilotou com maestria no molhado e venceu a segunda corrida abaixo de água. (foto: Andre Kotoman)
Matheus Rouver mostrou a que veio, pilotou com maestria no molhado e venceu a segunda corrida abaixo de água. (foto: Andre Kotoman)

A segunda bateria começou com a pista seca e os pilotos “calçando” slicks, mas chega a chuva pouco após a largada e os jovens pilotos da Júnior tiveram mais é que se virar. Quem se destacou foi o sergipano Matheus Rouver, que mostrou maestria no piso molhado e manteve a liderança na pista até o fim da prova. Quem vinha atrás era o passo-fundense Victor Matzenbakcer, vinha, até rodar no asfalto molhado junto com Victor Miranda. Rouver ganhou a bateria que foi  terminada com safety-car devido a chuva torrencial no circuito, que fez muitos rodarem no pequeno autódromo  Rouver foi seguido pelo pelotense Lucas Alves e pelo brasiliense Gustavo Bandeira.

Gustavo Bandeira pilotou com constância nas duas etapas, terminando as duas em terceiro. (foto: André Kotoman)
Gustavo Bandeira pilotou com constância nas duas etapas, terminando as duas em terceiro. (foto: André Kotoman)

O campeonato se manteve embolado, Victor Matzenbacker continua a liderar, com 96 pontos, mas atras, a coisa mudou, Bruna Tomasseli, que era a vice-líder, caiu para o quinto lugar, em sua posição, está agora o sergipano Matheus Rouver, com 65 pontos e em terceiro, outro que subiu foi Lucas Alves, que subiu da 7º para o 3º lugar na tabela de classificação, com 50 pontos.

Victor Matzenbacker mantem a liderança no campeonato, mas ta começando a ficar apertado para o passo-fundense. (foto: André Kotoman)
Victor Matzenbacker mantem a liderança no campeonato, mas ta começando a ficar apertado para o passo-fundense. (foto: André Kotoman)

A próxima etapa dia 30 de julho, no Autódromo de  Tarumã, na cidade de Viamão. O Gaúcho de Endurance e a Copa Classic terão sua segunda etapa dia 26 de Maio, em Guaporé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s